Melhorar a autoestima é essencial para a saúde e a qualidade de vida, pois uma pessoa com amor-próprio tem mais facilidade para criar laços afetivos de qualidade. Claro que é normal se sentir para baixo em alguns momentos, mas quando esse sentimento se torna crônico é que começam os problemas.

A baixa autoestima pode gerar sérios problemas, inclusive evoluir para depressão, que é uma doença grave. No entanto, uma boa autoestima depende de diversos fatores, que vão desde aspectos da personalidade até questões relacionadas aos relacionamentos interpessoais e à aparência.

Quer saber como melhorar a autoestima? Continue lendo e confira 7 dicas imperdíveis!

1. Busque o autoconhecimento

Um grande erro que os seres humanos cometem é achar que se conhecem. Na verdade, às vezes, passamos a vida toda sem nos conhecermos por completo. Por isso, se você busca formas de melhorar sua autoestima, invista em seu autoconhecimento. Assim, é possível identificar o que faz bem para você e incluir atividade prazerosas em sua rotina.

Para facilitar essa etapa de autoconhecimento, invista em livros, e atividades relaxantes, como meditação e yoga. A terapia também é uma boa opção para quem deseja mergulhar dentro de si mesmo e fazer mudanças positivas em sua vida.

2. Invista em seu visual

Muitas vezes, os problemas de autoestima estão relacionados à insatisfação com sua própria aparência. Nessas horas, investir em um bom corte de cabelo ou em roupas e sapatos novos dá aquele ânimo. Isso porque você se olha no espelho e vê “outra pessoa” — talvez mais bonita, sexy, elegante?

Claro que você não precisa gastar “rios de dinheiro” no shopping, mas comprar uma roupinha nova de vez em quando pode fazer muito bem. E o mais importante: invista em peças que valorizem seu corpo. Nada de comprar uma roupa só porque está na moda ou fazer o corte de cabelo de uma atriz famosa. O importante é ter um estilo que reflita sua personalidade e seus gostos.

3. Cuide do seu sorriso

Um sorriso bonito não é importante apenas para a estética bucal, mas é também é essencial na construção da autoestima. Muitas vezes, os problemas emocionais estão ligados à vergonha que as pessoas sentem ao sorrir. E esse constrangimento se dá por causa da aparência dos dentes. Além disso, pessoas com um sorriso mal cuidado são frequentemente alvo de piadas dos amigos, conhecidos e familiares, o que pode deixá-las ainda mais inibidas.

Mas, felizmente, a odontologia estética tem muitos recursos para renovar seu sorriso, como aparelho ortodôntico, lentes de contato, facetas de porcelana, implantes e clareamento dental. Então, converse com seu dentista para que ele faça uma avaliação do seu sorriso e indique o melhor tratamento.

4. Faça novos amigos

Ter amigos é essencial para uma existência feliz e saudável. Afinal de contas, ninguém é feliz sozinho, vivendo isolado em sua casa. Os amigos são essenciais para uma boa autoestima. Escolha seus amigos com capricho: se aproxime de pessoas de boa índole, que tenham gostos e valores parecidos com os seus, pois, assim, os laços ficam mais fortes e mais estreitos.

Isso porque é normal que com o tempo de convivência fiquemos cada vez mais parecidos com quem convivemos. As amizades devem ser construtivas, auxiliando você a crescer material e espiritualmente — e não a regredir.

E mais importante do que ter amigos é socializar com eles frequentemente. Marquem de sair pelo menos uma vez na semana para se divertir e colocar a conversa em dia. Um simples cinema ou, até mesmo, uma reunião na casa de alguém já é uma excelente forma de manter os amigos por perto. De vez em quando, programe uma viagem com a turma para conhecer novos lugares e novas culturas. Isso vai fazer muito bem para você!

5. Pratique o pensamento positivo

Problemas são inevitáveis, mas quanto mais damos importância para eles, mais eles sugam nossa energia. Por isso, é preciso aprender a lidar com as situações difíceis com calma. Se você tem constantemente pensamentos negativos, só vai atrair coisas ruins para sua vida, pois pessoas negativas nunca enxergam soluções e sempre estão reclamando. E isso não ajuda!

Além disso, é sempre bom agradecer por tudo que se tem. Faça uma lista de coisas boas que aconteceram na sua vida e tente ser grato por elas. Procure sempre ver o lado bom das coisas, porque, com o tempo, você vai notar a diferença em sua rotina.

6. Cuide da sua saúde

Cuidar da saúde do corpo também é fundamental para melhorar a autoestima. E para manter uma boa saúde é essencial a prática de atividades físicas e uma boa alimentação. Claro que você não precisa ir à academia todos os dias, caso não goste. Fazer uma caminhada ao ar livre, correr ou andar de bicicleta já são excelentes formas de fugir do sedentarismo e aumentar sua qualidade de vida.

Já sua alimentação precisa ser balanceada, sem o consumo excessivo de produtos processados e embutidos, por exemplo. O açúcar, os refrigerantes, a gordura trans, os molhos prontos, entre outros alimentos devem ser evitados, pois podem causar diabetes, colesterol alto, hipertensão e outros problemas.

Evitar o tabaco e o álcool em excesso também vai melhorar muito sua saúde. Além disso, é importante ir ao médico uma vez ao ano para realizar um check-up. Assim, você fica longe de doenças graves.

7. Evite comparações

A comparação é uma das grandes vilãs de uma boa autoestima. Apesar disso, é um “hábito” bastante usual – e é comum que as pessoas se sintam diminuídas quando comparam sua vida com a de outra. Mas cada um de nós tem uma história e passou por caminhos diferentes para chegar onde chegou!

Então, melhore sua autoestima e viva mais feliz se livrando desse sentimento de comparação. Veja os projetos que já realizou e trace metas para pôr em prática aqueles que ainda não foram concretizados. Concentre-se na sua vida e comemore cada vitória conquistada!

Agora que você sabe algumas formas de melhorar a autoestima, que tal dividir essas informações com os seus amigos? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais!

Clique e agende sua avaliação