Os cuidados com a saúde bucal do idoso devem ser redobrados, pois, com o avançar da idade, o sistema imunológico enfraquece e por isso, as pessoas mais velhas ficam mais vulneráveis às doenças bucais. Além disso, manter uma rotina adequada de escovação aliada ao uso diário do fio dental garante dentes e gengivas bonitos e saudáveis a vida inteira.

Apesar de os dentes também envelhecerem, a maior causa dos problemas de saúde bucal está relacionada à falta de higiene oral adequada. Neste post, vamos citar quais são os principais cuidados a serem tomados com a saúde bucal do idoso, mas primeiro, vamos conhecer as principais doenças que afetam a integridade oral de pessoas na terceira idade. Acompanhe.

Quais são os problemas de saúde bucal mais comuns em pessoas da terceira idade?

Mesmo com uma rotina de cuidados básicos, alguns problemas são bem comuns em pessoas que já estão na “melhor idade”. Doenças nas gengivas são bastante recorrentes em idosos. Vale lembrar que esse tipo de patologia não afeta somente o tecido, mas os ossos e ligamentos que são suporte ao dente. As complicações periodontais são a principal causa da perda dentária em que já está mais velho.

Outro problema bastante comum em idosos é a presença de cárie e lesões na boca, estas causadas por má adaptação das próteses. Presença de retração gengival, que deixa a raiz dentária exposta também é muito comum em pessoas mais velhas. Além de interferir na estética do sorriso, as gengivas retraídas ainda causam sensibilidade.

Com o avanço da idade, é comum ainda que as pessoas sofram com xerostomia — boca seca. Esse quadro é caracterizado pela produção insuficiente de saliva, que por sua vez, é uma consequência do uso de determinados medicamentos ou da presença de doenças sistêmicas como diabetes. Como a saliva é um protetor natural dos dentes, a falta dela facilita o acúmulo de placa bacteriana, que é a causadora de várias doenças bucais.

Quais são os cuidados essenciais para manter a boa saúde bucal do idoso?

Apesar de as doenças citadas serem comuns em todas as etapas da vida, elas são mais presentes na vida dos idosos. Isso porque, com o avançar da idade, pode se tornar mais frequente o uso de diversos tipos de medicamentos que muitas vezes, prejudicam o bom funcionamento da flora bucal.

O que fazer para manter a saúde bucal do idoso em dia? Tem como evitar que esses problemas apareçam? Claro! É perfeitamente possível manter um sorriso bonito e saudável durante toda vida. A seguir, vamos citar alguns cuidados essenciais que pessoas da terceira idade devem ter com seus dentes. Veja abaixo.

Higiene bucal adequada

A melhor forma de preservar a saúde bucal do idoso intacta é manter uma rotina de cuidados com a higiene. Escovar os dentes sempre após as refeições e usar o fio dental diariamente ajuda a conservar o sorriso jovem e bonito. Vale ressaltar que a escovação noturna é a mais importante do dia, pois durante o sono, a produção de saliva é menor e por isso, a boca fica mais vulnerável à proliferação de bactérias.

Porém, os cuidados não devem se restringir apenas aos dentes. A língua acumula muitos resíduos alimentares e, caso não seja higienizada corretamente, pode causar mau hálito, além de ficar com um aspecto desagradável. Para higienizar a língua, o idoso pode usar o acessório específico ou comprar uma escova que tenha o raspador de língua.

Ademais, a escovação deve ser feita com delicadeza, pois ao forçar a escova, a pessoa causa o afastamento das gengivas da raiz dos dentes. Na hora de comprar os produtos para manter a higiene, é importante optar por creme dental com flúor e escovas de cerdas macias ou ultramacias, que proporcionam uma escovação mais confortável.

Cuidado com as próteses

O uso de dentaduras e próteses parciais por pessoas da terceira idade é muito comum, pois muitos idosos perdem alguns ou todos os dentes ao longo da vida. Embora elas não possam ser acometidas por cáries, elas devem ser higienizadas com bastante cuidado – se houver um acúmulo de resíduos alimentares nas peças, o paciente correrá mais riscos de doenças nas gengivas.

No mais, é recomendável que no caso da prótese total (dentadura) seja colocada de molho pelo menos duas vezes na semana em uma solução de água com uma colher de chá de alvejante. Outra forma eficiente de higienizar as próteses é utilizar comprimidos efervescentes próprios para esse fim, encontrados em farmácias e drogarias.

Hábitos saudáveis

Uma alimentação rica em açúcar, produtos industrializados, ácidos e embutidos e o consumo frequente de bebida alcoólica contribui para o aparecimento de cáries e outras doenças. O ideal é adotar uma dieta rica em cereais integrais, oleaginosas, frutas, verduras e legumes.

Além disso, se você já chegou na terceira idade e ainda fuma, abandone esse hábito o mais rápido possível. O cigarro é um dos principais vilões de um sorriso bonito e saudável.

Combate à boca seca

Embora seja um problema recorrente em idosos, há formas de diminuir a secura bucal com alguns procedimentos simples. Um deles é tomar água regularmente, pois isso ajuda a manter a produção de saliva.

Outra forma de combater esse mal é mastigar chicletes — sem açúcar — pois isso estimula a produção de saliva. Mas faça isso apenas com o aconselhamento de seu dentista.

Visitas frequentes ao dentista

As visitas ao dentista devem ser feitas a cada 6 meses. Durante as consultas, o profissional verifica se há alterações na flora bucal e propõe tratamentos adequados para eliminar os problemas e procedimentos preventivos para evitar que doenças se desenvolvam em sua boca.

Um exemplo é a profilaxia ou limpeza dentária profissional, que deve ser realizada a cada 6 meses. Ela remove a placa bacteriana e o tártaro acumulado nos dentes e gengivas, evitando que as cáries e doenças gengivais se desenvolvam.

As visitas regulares ao dentista são a melhor forma de manter a saúde bucal do idoso em dia. Junto a uma rotina de cuidados com a higiene, o dentista pode orientar ao paciente como proceder em caso de qualquer mudança em sua flora bucal.

Gostou do post e quer outras dicas importantes de como manter a saúde bucal de pessoas da terceira idade? Então confira nosso post sobre os 10 cuidados essenciais com as próteses dentárias!

Clique e agende sua avaliação