Um fator capaz de comprometer a estética e se tornar motivo de incômodo para muitas pessoas é a tonalidade mais escurecida do sorriso. A situação pode trazer constrangimento social e ter um impacto negativo na autoestima. Mas afinal, quais as causas de dentes amarelados?

Existem vários elementos que tiram o brilho e alteram a coloração do sorriso, e muitos deles estão relacionados aos nossos hábitos do dia a dia, como os alimentos que consumimos.

Quer entender melhor por que o sorriso fica amarelado, como tratar e prevenir o problema? Acompanhe nosso post!

Por que os dentes ficam amarelados?

Quando se fala em causa de dentes amarelados é preciso esclarecer que são vários aspectos que podem deixar a dentição mais escurecida e sem vida. Acompanhe:

Idade

A idade é um fator que vai modificando, aos poucos, a coloração dos dentes. É um processo natural, pois a dentição é exposta a muitos alimentos e diferentes temperaturas ao longo da vida.

Além disso, o esmalte (a camada mais externa da estrutura dental) tende a se desgastar com o tempo. Essa situação expõe a dentina (camada mais interna), que apresenta um tom amarelado e absorve os pigmentos de alguns ingredientes com mais facilidade.

Genética

As pessoas têm colorações dos dentes diferentes, porque essa também é uma característica genética. Portanto, o amarelamento do sorriso pode ser algo natural do indivíduo, independentemente dos seus hábitos do dia a dia.

Cigarro

A nicotina, além de todos os males que causa para a saúde do organismo, é uma grande vilã quando se trata de dentes amarelados.

Alimentação

A alimentação tem um peso grande quando o assunto é o amarelamento dos dentes. Muita gente nem percebe, mas alguns alimentos que consumimos (naturais e industrializados) contêm corantes que acabam pigmentando a dentição. Alguns exemplos:

  • café;
  • vinho tinto;
  • suco de uva;
  • molho de tomate industrializado;
  • molho de soja;
  • beterraba;
  • açaí;
  • chá;
  • refrigerantes.

Clique e agende sua avaliaçãoLimpeza oral inadequada

A falta de cuidados com a limpeza bucal também vai, aos poucos, comprometendo a tonalidade dos dentes. Quando a escovação é realizada de forma incompleta, a placa bacteriana não é removida. Assim, fica aderida aos dentes e endurece, formando o tártaro, que causa escurecimento.

A falta de uso do fio dental também favorece a descoloração do sorriso, pois os restos de alimentos não são retirados de cantinhos em que a escova não chega — como o espaço entre os dentes e na linha da gengiva.

Alguns medicamentos

O uso de antibióticos como por exemplo a tetraciclina na infância tem como consequência uma dentição permanente mais amarelada.

Erosão dentária

Outra causa que modifica a coloração do sorriso é a erosão dentária, caracterizada pelo desgaste do esmalte dos dentes.

A situação pode ser provocada por fatores internos, como o refluxo gastroesofágico, em que os ácidos do estômago retornam à cavidade oral e entram em contato com os dentes. Ou ainda ser decorrente de fatores externos, como uma alimentação rica em alimentos ácidos, o uso de escova com cerdas duras, o hábito de colocar muita força na escovação ou por conta do bruxismo (ranger dos dentes).

Quais são os tratamentos odontológicos para o problema?

A boa notícia é que a odontologia estética consegue tratar os mais variados casos de dentes amarelados. Quer saber como? Confira a seguir:

Profilaxia

Sabe aquela limpeza caprichada que o dentista faz no seu sorriso nas consultas de rotina? Ela já é capaz de eliminar vários pigmentos dos dentes, deixando-os mais claros e com brilho. Isso porque o profissional limpa dente a dente e faz o uso de bicarbonato de sódio, o que também contribui para o polimento da superfície dental.

Clareamento dental

Uma técnica muito popular para cuidar dos dentes amarelados é o clareamento dental. Ele pode ser realizado pelo dentista, no próprio consultório, através de um gel em concentração mais alta associado ao laser (para evitar machucados, queimaduras ou outros problemas nos tecidos moles e mucosas — como as gengivas — é preciso muito cuidado do dentista, protegendo essas regiões). A outra opção é do tratamento ser realizado em casa, porém sempre com a supervisão do profissional, que indicará a quantidade adequada de produto e o tempo de uso. Geralmente, esse tratamento é realizado com o uso de uma moldeira de silicone e um gel à base de peróxido de hidrogênio, que, por meio de um processo químico, quebra as moléculas de pigmentos, alterando a cor dos dentes.

Luz violeta

Se você quiser fazer o clareamento de uma forma bastante segura, pode se valer da tecnologia mais moderna e realizar o procedimento com a luz violeta. A técnica está disponível em clínicas especializadas e apresenta ótimos resultados, deixando os dentes com uma tonalidade natural.

A luz violeta age de forma física sobre os pigmentos e dispensa o uso do gel clareador. É um procedimento que transforma a estética do sorriso e, consequentemente, traz ganhos para a autoestima do paciente.

Laminados de porcelana

Existem algumas manchas nos dentes que não podem ser removidas com as técnicas de clareamento dental. No entanto, o problema pode ser corrigido com o uso de laminados ultrafinos de porcelana, como as facetas e as lentes de contato dental.

Estes procedimentos são indicados para corrigir pequenas imperfeições no sorriso, entre eles, a coloração.

Como prevenir o amarelamento do sorriso?

Com algumas mudanças no dia a dia, é possível prevenir a alteração da tonalidade dos dentes:

  • fique longe do cigarro: se você é fumante, busque formas de parar com o vício com auxílio médico e veja como os seus dentes podem ficar mais bonitos;
  • faça a limpeza bucal completa: utilize uma escova de cerdas macias e faça movimentos suaves e circulares em todas as faces dos dentes. Escolha um creme dental e não se esqueça do fio dental;
  • atenção à alimentação: modere o consumo de alguns alimentos e bebidas, como o café e vinho tinto. E se consumi-los, lembre-se de beber um copo de água na sequência, o que já ajuda na limpeza dos dentes;
  • visite regularmente o seu dentista: o profissional avaliará o seu estado de saúde bucal, prevenindo uma série de problemas — entre eles, a erosão dental. É um momento também para realizar a profilaxia.

Agora você já sabe mais sobre as causas de dentes amarelados e como o consumo exagerado de alguns alimentos e o descuido com a higienização bucal agravam esse problema. Se essa é uma situação que incomoda você, procure uma clínica odontológica para descobrir o melhor tratamento para transformar a estética do seu sorriso.

Gostou de acompanhar as nossas dicas de saúde bucal? Fique atualizado com outros conteúdos como este — é só seguir as nossas páginas no YouTube, Facebook e Instagram!

Clique e agende sua avaliação