A Odontologia é a ciência direcionada para o estudo dos dentes, tecidos, estruturas da cavidade oral e dos ossos da face. Como se vê, o campo de atuação dos dentistas trata de um sistema bem complexo, por isso esses profissionais direcionam seus trabalhos para algumas especialidades.

Assim, eles podem oferecer um tratamento de primeira linha, utilizando procedimentos e tecnologias atuais para um sorriso saudável e bonito e para a qualidade de vida e bem-estar do paciente.

Mas você conhece as principais especialidades da Odontologia? Confira nosso post e entenda melhor algumas áreas de atuação dos dentistas e os tratamentos realizados!

Por que qualquer dentista não serve?

Talvez muita gente relacione o trabalho dos dentistas somente com a dor de dente e problemas como as cáries. No entanto, esse é apenas um dos inúmeros tratamentos que a Odontologia oferece.

Saiba que quando esse profissional termina o ensino superior já pode atuar como clínico geral, que é a formação mais generalista, fundamental no atendimento aos pacientes, principalmente para as consultas de avaliação, emergências e tratamentos preventivos.

Contudo, além da Clínica Geral, o dentista pode também se dedicar a um dos vários segmentos da Odontologia — são as especializações, áreas nas quais o profissional vai aprofundar os estudos e suas habilidades sobre técnicas e procedimentos mais direcionados.

Por exemplo, o dentista que se especializa em Implantodontia vai direcionar seus trabalhos para a área de implantes dentários; já quem se especializa em Odontopediatria vai ter as competências e os conhecimentos para atender melhor ao público infantil.

Um dentista especializado conhece a fundo determinado segmento e está atualizado com as últimas tecnologias e equipamentos. Com isso, você realizará um tratamento seguro, diferenciado e de alta qualidade.

Quais são as principais especialidades da Odontologia?

A Odontologia é uma ciência que não para de avançar, com tratamentos especializados que visam resultados cada vez mais surpreendentes, maior conforto do paciente e reabilitação mais rápida. As especialidades acompanham esse movimento! Confira a seguir algumas delas e suas indicações:

Clínica geral

Na área da Clínica Geral, os dentistas trabalham na prevenção, no diagnóstico e no tratamento de problemas bucais. São profissionais que têm o conhecimento mais generalizado sobre a Odontologia, por isso geralmente são eles que fazem a primeira avaliação do paciente.

Nessa consulta, o dentista conversa com o paciente para saber sobre seu histórico médico-odontológico e avalia seu estado de saúde bucal para verificar o que precisa ser feito. Pode solicitar também alguns exames, como radiografias. Além disso, ele realiza atendimentos emergenciais e procedimentos iniciais, como:

  • profilaxia (limpeza dental profissional);
  • raspagem para eliminação de tártaro;
  • aplicação de flúor;
  • remoção de cáries;
  • restaurações de lesões, como cáries e trincas;
  • aplicação de selante;
  • extração de dente.

Caso detecte alguma patologia mais específica ou o paciente tenha interesse em outro tipo de tratamento, ele faz o encaminhamento para o especialista apropriado.

O clínico geral é focado na prevenção, por isso é o indicado para você realizar seu check-up odontológico e manter a saúde do sorriso sempre em dia. O trabalho desse profissional é direcionado também para a orientação de bons hábitos de saúde bucal, como a higienização adequada.

Odontopediatria

Essa especialidade é direcionada para o atendimento odontológico de crianças. O profissional atua na prevenção, no diagnóstico e no tratamento de problemas de saúde bucal dos pequenos.

É, portanto, uma área direcionada às peculiaridades desse público, que apresenta o sistema orofacial em desenvolvimento e que também tende a apresentar resistência e muito medo na hora de ir ao dentista.

O odontopediatra pode atender bebês bem pequenos — desde o nascimento do primeiro dente. E o quanto antes ocorrer esse atendimento, melhor para a saúde bucal da criança, pois o profissional faz o acompanhamento do crescimento da dentição e, caso haja alguma anormalidade, já faz uma intervenção preventiva.

Além disso, o pequeno paciente vai se acostumando com o ambiente da clínica odontológica e realiza os tratamentos com tranquilidade. Dessa forma, ele cresce consciente quanto aos cuidados da saúde bucal, sem ter medo de ir ao dentista e com um sorriso saudável na vida adulta.

Ambiente lúdico

O consultório desse profissional é todo ambientado para deixar a criança à vontade. A decoração, geralmente, é colorida e divertida. O dentista se vale também de brinquedos, fantoches, música e outros elementos lúdicos para envolver o público infantil, tornando esse momento descontraído.

O odontopediatra é responsável também por orientar os pais (inclusive gestantes) quanto aos bons hábitos de limpeza bucal e alimentação de bebês e crianças.

Endodontia

A Endodontia vai atuar na prevenção, no diagnóstico e no tratamento de problemas que envolvem lesões na polpa, na raiz e nos tecidos periapicais (quando lesões advindas de inflamações da polpa se formam no ápice, ou seja, na ponta da raiz do dente). O especialista realiza tratamentos para cáries mais profundas, sensibilidade intensa, além de trincas e fraturas.

São procedimentos que visam combater infecções mais graves que, caso não tratadas, podem levar à perda do dente. Um deles é o conhecido tratamento de canal radicular, em que é realizada a retirada da polpa dentária comprometida, a limpeza do canal, sua desinfecção e posterior obturação.

Muita gente fica assustada quando precisa fazer o tratamento de canal. No entanto, o paciente deve saber que a Odontologia conta com técnicas bem avançadas, objetivando o conforto do paciente durante o tratamento, o qual é um procedimento delicado, que segue algumas etapas para garantir a desinfecção completa da estrutura interna do dente, evitando sua extração.

Esse especialista deve ser procurado o mais rápido possível para sanar a infecção dentária que, além de causar muita dor, pode ser um risco de perda dentária ou ainda ocasionar uma infecção sistêmica — situação em que as bactérias vão para a corrente sanguínea e podem trazer sérios problemas de saúde para o organismo.

Especialização em Odontologia Estética

A Odontologia Estética tem o objetivo de trazer a harmonização facial e beleza do sorriso. São tratamentos que podem transformar o visual — melhoram o alinhamento e a coloração dos dentes, bem como o posicionamento da gengiva.

Além dos resultados estéticos, são procedimentos que trazem ganhos para a autoestima do paciente. Isso tem impacto na qualidade de vida, nas relações pessoais e até profissionais. Confira, a seguir, alguns tratamentos dessa especialidade:

Clareamento dental

É o procedimento para alterar a tonalidade dos dentes, deixando o sorriso mais claro e harmônico. A técnica pode ser realizada no consultório ou em casa, com a supervisão do dentista.

O clareamento dental pode ser realizado com uma moldeira de silicone e um gel à base de peróxido de hidrogênio que, por meio de um processo químico, consegue quebrar as moléculas dos pigmentos, deixando os dentes mais brancos.

No entanto, o uso de um produto químico forte como esse pode ser perigoso, pois há riscos de lesões e queimaduras na gengiva e mucosas, além de hipersensibilidade. Mas se você está interessado nesse procedimento, pode realizá-lo de uma forma totalmente segura e com bons resultados: com o clareamento dental com luz violeta a alteração da coloração é feita por meio de um processo físico, sem desconforto ou riscos para a saúde.

Lentes de contato dental

As lentes de contato dental são laminados ultrafinos e resistentes, feitos de porcelana e utilizados para a correção de pequenas imperfeições no sorriso. São indicadas para quem pretende:

  • melhorar a coloração de dentes que não podem ser tratados com o clareamento dental;
  • reduzir ou fechar diastemas (espaços entre os dentes);
  • corrigir o contorno nos dentes;
  • aumentar a largura ou o comprimento dos dentes;
  • corrigir suaves inclinações dentais;
  • melhorar o aspecto de dentes com grandes restaurações;
  • corrigir manchas e ranhuras na superfície dental.

As vantagens desse tratamento são a rapidez de realização do procedimento, o mínimo desgaste dental e os resultados estéticos, que deixam o sorriso uniforme e com uma coloração natural.

Cirurgia plástica gengival

Indicada para modificar o tamanho, a espessura ou o desalinhamento da gengiva com o objetivo de deixar o sorriso mais bonito. A cirurgia plástica gengival é realizada no consultório do dentista para a correção de gengivas muito grandes, que chegam até a recobrir os dentes, ou quando são retraídas, o que deixa os dentes mais alongados.

Prótese

É o especialista que utiliza técnicas — como as próteses removíveis ou fixas — para transformar o sorriso de pacientes que perderam um ou todos os dentes da arcada. Os tratamentos com próteses dentárias têm um resultado de qualidade, assemelhando-se a um sorriso natural.

Ter os dentes de volta proporciona uma melhora na estética do sorriso, o que eleva a autoestima do indivíduo, mas também restabelece a funcionalidade dos dentes, já que a prótese melhora a respiração, a mastigação e até a fala.

O desenvolvimento tecnológico dos materiais dessa especialidade é constante, visando a qualidade de vida, o conforto dos pacientes e a sua reabilitação bucal completa — como as próteses fixas implantosuportadas.

Implantodontia

O especialista em implantes dentários trabalha com tecnologias e técnicas para restabelecer o sorriso dos pacientes, sua confiança e qualidade de vida. São abordagens cirúrgicas e protéticas indicadas para pessoas que perderam um ou mais dentes.

O implante dentário é feito de titânio, material biocompatível, o que significa que seu risco de rejeição pelo organismo é baixíssimo. Ele é inserido no osso da mandíbula ou maxilar, abaixo da gengiva, por meio de uma cirurgia realizada no consultório do dentista.

O implantodontista faz o diagnóstico e planejamento do tratamento para avaliar qual implante é o mais indicado para cada caso. Além disso, são realizados exames para avaliar a saúde do paciente e garantir que o procedimento seja feito com segurança.

A grande vantagem desse dispositivo, além da sua integração óssea, é apresentar alta durabilidade e ter a mesma aparência e funcionalidade de um dente natural. Assim, o paciente pode voltar a sorrir sem sentir vergonha e também passa a falar e mastigar melhor.

Além disso, diferentemente das próteses móveis (dentaduras), o implante dentário é estável, ou seja, não há risco de sair do lugar, o que traz confiança para conversar, sorrir e se alimentar.

Tecnologia sem corte

O implantodontista deve acompanhar as tendências tecnológicas dessa área, que buscam melhorar a qualidade dos materiais para trazer mais conforto aos pacientes e reduzir o tempo da recuperação.

Uma tecnologia atual dessa especialidade é a realização do tratamento de implante dentário sem corte. Trata-se do guia cirúrgico para implante, no qual o dentista faz um planejamento digital e, com o auxílio do exame de tomografia, realiza a cirurgia sem utilizar bisturi e com uma dosagem pequena de anestesia.

O resultado é um pós-operatório sem inchaços e sangramentos e uma recuperação mais rápida.

Enxerto ósseo

Para receber o implante dentário, o indivíduo deve ter massa óssea suficiente para suportar o dispositivo. Dessa maneira, se houver necessidade de aumento de altura ou de espessura da estrutura óssea, é preciso, primeiramente, passar pela etapa do enxerto.

É uma cirurgia anterior ao implante, realizada também no consultório do dentista. Com a estrutura óssea adequada, o paciente pode receber o implante tranquilamente.

Cirurgia bucomaxilofacial

O cirurgião bucomaxilofacial é o especialista que atua em cirurgias mais complexas, realizadas em ambiente hospitalar.

É uma área da Odontologia que trata de traumas na face e nos ossos do crânio, como:

  • reconstrução da face;
  • tumores na cavidade bucal;
  • assimetrias de maxilar e mandíbula;
  • problemas de crescimento craniofacial;
  • reposição de tecido ósseo;
  • defeitos de nascença.

O profissional realiza também as cirurgias ortognáticas, indicadas para deformidades da cavidade bucal, além de tratamentos para dores na articulação temporomandibular (ATM).

Ortodontia

O ortodontista é o especialista em tratamentos que objetivam a correção do posicionamento dos dentes e ossos maxilares. Os resultados são conseguidos com o uso do aparelho ortodôntico, dispositivo tecnológico que realiza a movimentação gradual dos dentes.

As técnicas ortodônticas têm impacto na harmonização facial, na autoestima e também na saúde bucal. Pessoas com posicionamento incorreto dos dentes são mais propensas a ter cáries, visto que esse quadro facilita o acúmulo de restos alimentares entre os dentes, o que dificulta a higienização bucal completa.

Por isso, esses tratamentos trazem ganhos não somente para a aparência, mas também para a saúde dos dentes e das gengivas.

O desalinhamento dos dentes pode atrapalhar ainda a mastigação e gerar problemas também na articulação temporomandibular (ATM), situação que pode causar dor de cabeça e outros incômodos.

Indicações

Mas quando procurar os dentistas dessa especialidade? A Ortodontia é indicada para diferentes casos, alguns deles são:

  • dentes encavalados;
  • espaços entre os dentes (diastemas);
  • mordida aberta: quando os dentes superiores e inferiores não se encostam, mesmo com a boca fechada;
  • mordida cruzada: quando os dentes superiores se posicionam por dentro dos inferiores;

Aparelhos discretos

Quando você pensa em tratamento ortodôntico já imagina um adolescente com o aparelho fixo todo colorido? Realmente, há um amplo uso do aparelho tradicional metálico, que apresenta diversos componentes, como os arcos e bráquetes, e deixam o sorriso “metálico”.

Mas saiba que a Ortodontia é indicada para todas as idades e se você não se imagina com o aparelho fixo tradicional, pode utilizar outros dispositivos, com a mesma função, porém mais discretos e tecnológicos. Veja os tipos:

  • autoligado: aparelho sem as ligaduras elásticas, o que facilita a limpeza bucal e propicia um tratamento indolor e mais rápido;
  • transparente: aparelho cujos componentes são de safira, ou seja, um modelo bastante discreto, pois tem o aspecto transparente;
  • invisível: aparelho removível desenvolvido sob medida para a correção do posicionamento dos dentes. A vantagem é que ele não aparece e pode ser retirado na hora da escovação e alimentação.

Periodontia

Tão importante quanto manter os dentes saudáveis, é manter as gengivas e os ossos que dão sustentação aos dentes também saudáveis. E o especialista que trata dessa estrutura de suporte, chamada de periodonto, é o periodontista.

As doenças periodontais podem dar as caras com uma infecção nas gengivas (gengivite), deixando esses tecidos inchados, doloridos e sangrando com facilidade. Porém, muitos pacientes não dão importância para esse quadro.

O problema é que essa infecção pode avançar, atingindo a estrutura de suporte do dente, uma situação bastante perigosa, pois é capaz de levar à sua perda caso não seja tratada. Nesse estágio (periodontite), é comum bolsas de pus, gengivas retraídas e também mau hálito devido ao quadro infeccioso.

A principal causa para as doenças periodontais é a limpeza bucal inadequada, principalmente pela falta do uso de fio dental. Os restos de alimento não são eliminados, favorecendo o surgimento das bactérias que causam a infecção. No entanto, esse quadro também pode ser decorrente de:

  • fumo;
  • gravidez;
  • diabetes;
  • situações de estresse.

O periodontista deve ser procurado sempre que você notar as gengivas mais doloridas ou vermelhas. O especialista faz o exame clínico e realiza alguns procedimentos, como a profilaxia e raspagem, eliminando a placa bacteriana e o tártaro.

Se o paciente apresentar periodontite, o dentista realiza também a radiografia para o diagnóstico. O tratamento inclui, além da raspagem, o alisamento radicular, procedimento na raiz do dente com o objetivo de diminuir o quadro inflamatório e favorecer a cicatrização da região.

Como saber a quem procurar?

Agora você já conhece o direcionamento de algumas áreas odontológicas e por que é importante procurar o dentista da especialidade correta. É preciso identificar o que o incomoda ou o tratamento que você deseja realizar para buscar o profissional ideal.

É como na Medicina: se você está com um problema de pele, precisa procurar o dermatologista, certo? Mas você deve estar se questionando: como vou saber qual especialidade devo procurar? Realmente, são tantas subáreas que o paciente pode ficar confuso.

Se você não consegue identificar a especialidade, a dica é sempre agendar a consulta com o clínico geral para fazer o primeiro atendimento. Ele fará uma avaliação e, caso não consiga resolver o seu problema, fará o encaminhamento para o dentista da especialidade correta.

Além da especialidade, o que os dentistas precisam ter?

Para você receber o melhor atendimento, é necessário fazer o tratamento da especialidade voltada para sua necessidade. Mas não é só. É importante que os dentistas e suas clínicas tenham outros atributos para que, de fato, você receba um tratamento de qualidade.

Atendimento humanizado

O dentista deve oferecer um ambiente acolhedor para que você se sinta tranquilo para realizar o tratamento. É comum as pessoas sentirem medo de ir à consulta odontológica.

Por isso, é fundamental receber um atendimento humanizado, que o deixe seguro e confortável para realizar os procedimentos. O dentista deve cuidar de você e buscar os melhores meios para solucionar seu problema sem traumas.

É importante que as consultas sejam realizadas sem pressa e que você receba todas as informações do seu plano de tratamento.

Equipe de multiespecialistas

Escolher uma clínica com multiespecialistas também é uma comodidade. Você tem à disposição diferentes especialidades e fica mais confiante para realizar os procedimentos, pois os dentistas vão oferecer o mesmo padrão de qualidade de atendimento e podem discutir em conjunto as melhores soluções para o seu caso.

Tecnologia

A tecnologia caminha lado a lado com a Odontologia, por isso é importante que o dentista esteja atualizado com os melhores procedimentos, técnicas e materiais da sua especialidade.

Assim, é possível obter diagnósticos mais precisos, ótimos resultados, tratamentos mais rápidos e menos invasivos. Tudo visando a comodidade dos pacientes e uma recuperação tranquila. Veja a seguir alguns avanços tecnológicos:

  • câmera intraoral: dispositivo conectado a um monitor que permite ao paciente acompanhar sua saúde bucal e entender melhor qual é a necessidade de determinado tratamento;
  • anestesia sem dor: anestesia aplicada por meio de um gotejamento computadorizado, ou seja, o paciente não sente a agulha que causa tanto medo nos procedimentos odontológicos;
  • laser pós-cirúrgico: com ação anti-inflamatória, a tecnologia auxilia na cicatrização, garantindo uma recuperação mais rápida;
  • planejamento digital: equipamentos que realizam a impressão 3D de dentes perfeitos, em porcelana pura. Garantem, assim, uma qualidade superior ao implante dentário.

Agora você já sabe como é importante receber um atendimento de dentistas especializados para realizar o tratamento mais indicado para o seu caso. Considere também escolher profissionais com uma abordagem humanizada, que ofereçam um ambiente acolhedor e estejam atualizados com as últimas tecnologias da sua área.

Quer conhecer uma clínica odontológica multiespecializada, que oferece os tratamentos mais modernos pensando na comodidade dos seus pacientes? Entre em contato conosco e agende sua consulta de avaliação!