A prevenção é a principal atitude para proteger a saúde bucal. Por isso mesmo, a avaliação odontológica tem uma enorme importância e deve ser feita de forma cuidadosa e eficiente.

É preciso vencer as barreiras, como a falta de tempo ou a timidez diante da descoberta de uma cárie, e procurar o consultório odontológico regularmente para manter os dentes fortes e sadios.

Além da investigação sobre a existência de cáries ou tártaro, a avaliação odontológica vai avaliar a presença de outros problemas de saúde bucal, apontar a necessidade de tratamentos funcionais e estéticos e realizar a limpeza profissional.

Que tal saber um pouco mais sobre esse assunto e conhecer os diferenciais do Padrão Sorrisus de avaliação odontológica? Faça uma boa leitura e tenha um ótimo aprendizado!

O que é uma avaliação odontológica?

A avaliação odontológica tem como objetivo identificar o estado de saúde bucal dos pacientes, com atenção tanto para os sintomas de disfunções quanto para as queixas em relação à função dos dentes e à estética.

Durante a consulta, o dentista examina todos os dentes, as gengivas, a língua e as bochechas em busca de sinais que indiquem problemas.

Entre as doenças bucais mais comuns identificadas na avaliação odontológica estão as cáries, o tártaro e a gengivite. Além desses quadros, o dentista pode verificar a presença de nódulos ou feridas que indiquem a possibilidade de problemas mais graves, como o câncer de boca.

Uma vez que a saúde bucal do paciente tenha sido avaliada, é possível planejar os procedimentos necessários a fim de restaurar as funções e proteger a estrutura dentária, determinando um plano de tratamento completo.

Em média, uma consulta de avaliação odontológica dura de 15 a 20 minutos. Porém, quando o paciente apresenta um histórico de mais intercorrências, esse tempo pode ser maior, chegando a cerca de 40 minutos.

Mas o que caracteriza uma avaliação eficiente vai além do tempo de duração ou do diagnóstico exato dos problemas, conforme ressalta a coordenadora técnica da Clínica Sorrisus, Dra. Ana Carolina.

Segundo a profissional, uma boa avaliação odontológica deve ser capaz de criar um ambiente de confiança, no qual o paciente possa ser ouvido, permitindo que suas expectativas em relação à saúde e à estética bucal sejam acolhidas.

Sendo assim, a Clínica Sorrisus desenvolveu um padrão de qualidade para as avaliações odontológicas, conforme mostraremos a seguir.

Clique e agende sua avaliaçãoComo uma boa avaliação odontológica é feita?

O ritmo agitado da vida na atualidade fez com que as consultas de avaliação passassem a ser rápidas e impessoais, empobrecendo o relacionamento entre o dentista e seu paciente.

O Padrão Sorrisus de avaliação odontológica busca resgatar a acolhida atenciosa e o contato humanizado, privilegiando o diálogo como forma de promover a saúde bucal.

A coordenadora técnica da Clínica Sorrisus, Dra. Ana Carolina, explica que a abordagem diferenciada dos profissionais vai além da avaliação odontológica, e continua ao longo do tratamento e depois que ele é finalizado.

Porém, tudo começa com um exame completo da saúde bucal, com atenção para as necessidades de cada paciente.

Exame completo e abrangente

A anamnese é o ponto de partida para conhecer a forma como o paciente se cuida no dia a dia e saber como está a sua saúde bucal.

Na Sorrisus, as necessidades do paciente são atendidas sem desconsiderar os sinais que nem mesmo a própria pessoa percebe, com foco nos seguintes aspectos:

  • limpeza profissional dos dentes;
  • investigação da presença de cáries;
  • diagnóstico da necessidade de restaurações ou procedimentos ortodônticos;
  • análise para planejamento de implantes e reabilitações orais;
  • atenção ao desejo de melhorar a estética do sorriso;
  • avaliação da existência de sinais de câncer bucal.

Um benefício oferecido pela Clínica Sorrisus é o emprego de tecnologia qualificada, para que o paciente possa acompanhar cada etapa da consulta.

Uso de tecnologia de ponta

Na Sorrisus, a avaliação odontológica é realizada com auxílio da câmera intraoral, que permite a análise de detalhes que nem sempre podem ser percebidos a olho nu.

Graças ao recurso de zoom, o dentista pode verificar a presença de tártaro ou cáries na região inferior dos dentes, bem próxima à gengiva, sobretudo na região posterior da boca.

Todas as imagens são visualizadas pelo paciente em tempo real, o que ajuda na compreensão sobre a necessidade do tratamento para sanar os problemas identificados.

Além da câmera intraoral, a Sorrisus faz uso de radiografias periapicais para complementar a consulta de avaliação, trazendo ainda mais exatidão para os diagnósticos.

O uso da tecnologia de ponta reforça a construção da confiança entre o dentista e seu paciente, favorecendo o tratamento humanizado, que é o grande diferencial da Sorrisus.

Tratamento humanizado

A ida ao consultório odontológico nem sempre é uma coisa simples. Algumas pessoas podem ter vergonha ou até mesmo medo, devido a experiências passadas que foram desagradáveis.

Na Clínica Sorrisus, a empatia e a acolhida atenciosa são habilidades cultivadas por toda a equipe para que as características de cada paciente possam ser compreendidas, permitindo que ele receba um tratamento personalizado.

Assim, é possível construir um vínculo positivo com os pacientes, facilitando a adesão ao tratamento e a adoção de bons hábitos de higiene bucal no dia a dia, o que é fundamental para proteger a saúde bucal.

A humanização do tratamento na Clínica Sorrisus se expressa até nas facilidades relacionadas à marcação da avaliação odontológica.

Disponibilidade de horário e facilidade no agendamento

A disponibilidade de horários e a facilidade no agendamento também são fatores determinantes para a qualidade da avaliação odontológica.

Em meio aos compromissos profissionais e à rotina de cuidados com a casa e a família, nem sempre sobra tempo na agenda para as visitas ao consultório do dentista.

Nesse sentido, a flexibilidade de horários oferecida pela Clínica Sorrisus é um excelente diferencial, com diversas clínicas oferecendo horários de atendimento que vão das 8 h às 22 h.

Além disso, os pacientes têm à disposição um sistema de agendamento online, que facilita bastante a marcação da avaliação odontológica.

Mas chegando ao final do nosso artigo você pode estar se perguntando: quando devo fazer a minha avaliação odontológica? Com qual frequência é preciso agendar as consultas? É sobre essa questão que falaremos agora. Confira e esclareça suas dúvidas!

Quando devo fazer uma avaliação odontológica?

Para que a avaliação odontológica cumpra seu papel na prevenção em saúde bucal, é fundamental que ela aconteça dentro da periodicidade certa. O ideal é que as consultas sejam realizadas a cada seis meses.

Dessa forma, o dentista consegue identificar a presença dos problemas logo no seu início, tornando o tratamento mais simples e rápido.

Um dente cariado, por exemplo, pode ser restaurado antes que a cárie acabe se tornando um canal. Já uma inflamação nas gengivas pode ser eliminada e evitar o aparecimento da doença periodontal.

No entanto, a Dra. Ana Carolina, coordenadora técnica da Clínica Sorrisus, alerta para a importância da atenção a sinais de que alguma coisa está errada com a saúde bucal. “Se a pessoa identificar qualquer sintoma que fuja da normalidade, como um sangramento na gengiva ou uma dor inesperada, é preciso procurar o dentista nesse momento”, explica a especialista.

Agora que você já conhece os diferenciais do Padrão Sorrisus de avaliação odontológica, confira onde estão nossas unidades mais próximas e agende a sua consulta!

Clique e agende sua avaliação