Você já sabe que ter um sorriso bonito contribui para a sua autoestima, certo? Mas, para conquistar dentes perfeitos, é preciso buscar os tratamentos adequados, tais como o clareamento dental.

E para que procedimento tenha sucesso, é fundamental escolher uma boa clínica e contar com o apoio de profissionais qualificados.

Por isso, o objetivo deste artigo é apresentar as diferentes técnicas e esclarecer a importância do atendimento especializado para a conquista de um belo sorriso.

Para começar, discutiremos a questão dos tratamentos caseiros de clareamento dental. Veja e esclareça todas as suas dúvidas sobre esse assunto!

A questão dos tratamentos caseiros

O primeiro passo para explicar a importância da escolha de uma boa clínica para fazer clareamento dental é esclarecer os riscos dos tratamentos caseiros disseminados pela internet.

Pessoas sem formação em odontologia compartilham conteúdos em que ensinam receitas milagrosas para deixar os dentes brancos, mas com diversos perigos. E não é nada disso que você procura!

As substâncias utilizadas, além de não terem potencial clareador, podem afetar o esmalte dos dentes, causar inflamações nas gengivas e, nos piores casos, levar à perda dos dentes.

É o que alerta a coordenadora técnica da Clínica Sorrisus, Dra. Ana Carolina. “Receitas caseiras à base de cúrcuma, bicarbonato e água oxigenada são contraindicadas porque não promovem resultados efetivos e comprometem a saúde bucal”, ressalta a especialista.

Desse modo, os incômodos causados pelo amarelamento dos dentes devem ser abordados com a devida orientação profissional, o que torna a escolha de uma boa clínica odontológica um fator crucial para a conquista de um sorriso bonito.

Clique e agende sua avaliaçãoA escolha de uma boa clínica para fazer um clareamento

O clareamento dental é um tratamento odontológico que promove a alteração na cor dos dentes por meio de reações químicas. Trata-se de um procedimento totalmente seguro, que não afeta a estrutura dentária.

No entanto, somente o dentista é capaz de determinar as necessidades de cada paciente e qual é a metodologia mais adequada para atendê-lo.

Para isso, o profissional investigará a saúde bucal do paciente e avaliará a estrutura dos dentes e a forma como eles reagirão ao tratamento.

Um estudo publicado por pesquisadores da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA) constatou que as técnicas profissionais de clareamento dental evoluíram muito nos últimos anos e que os resultados são mais satisfatórios quando todo o processo é realizado sob orientação do dentista.

Somente ele poderá determinar a quantidade de sessões necessárias e quais técnicas deverão ser empregadas para eliminar as manchas e clarear os dentes sem oferecer riscos para a saúde bucal.

Além disso, com o suporte de um bom consultório, “os pacientes contam com produtos de procedência reconhecida, que tendem a irritar menos as estruturas dentárias e oferecer melhores resultados”, conforme destaca a Dra. Ana Carolina, coordenadora técnica da Clínica Sorrisus.

Agora que você já sabe qual é a importância de escolher uma boa clínica odontológica, é hora de entender os procedimentos que garantem um clareamento dental de sucesso. Confira!

Os procedimentos de um clareamento dental de sucesso

Existem dois procedimentos básicos para recuperar o branco e o brilho dos dentes: o clareamento dental feito no consultório e o clareamento dental feito em casa com orientação do profissional.

No procedimento realizado no consultório, o dentista pode utilizar um laser de baixa potência ou um gel clareador ativado com Luz, dependendo das necessidades de cada paciente.

O tratamento pode durar entre duas e três sessões, dependendo do nível de pigmentação e da resposta individual dos dentes ao estímulo. O ideal é que todo o processo seja concluído dentro de um mês, para garantir sua eficácia.

Já o clareamento dental feito em casa é um procedimento no qual o paciente é orientado pelo dentista a utilizar o gel clareador com uma moldeira feita sob medida, com dosagem e número de aplicações determinadas ao longo de duas ou três semanas.

A coordenadora técnica da Clínica Sorrisus, Dra. Ana Carolina, lembra que os pacientes com gengiva retraída não devem ser tratados dessa forma.

Uma vez que a retração gengival expõe a raiz do dente e favorece a ocorrência de complicações, nesses casos, “o mais indicado é o clareamento feito no consultório, durante o qual o dentista faz a proteção da estrutura dentária”, explica a profissional.

Em alguns casos, o dentista pode optar pela combinação dos procedimentos no consultório e em casa, sobretudo quando os dentes são mais escuros ou quando o paciente deseja obter resultados mais rápidos.

É importante salientar que existem contraindicações para o clareamento dental. Grávidas, pessoas menores de 15 anos e pacientes que passaram por tratamento quimioterápico ou radioterápico não podem se submeter ao procedimento.

Nesses casos, existem outros procedimentos em odontologia estética para deixar o sorriso mais branco sem a utilização de processos químicos.

Outros procedimentos estéticos

A aplicação de lentes de contato e outras facetas dentárias é uma técnica baseada na colocação de próteses sobre os dentes.

Para isso, é feito um estudo da arcada dentária do paciente e, por meio de um planejamento personalizado, são confeccionadas as facetas que serão colocadas sobre os dentes, permitindo que cada pessoa tenha uma prótese exclusiva e feita sob medida.

Trata-se de um procedimento recomendado para pacientes que, além do amarelamento dos dentes, apresentam alterações no formato, espaçamento ou tamanho dos dentes, provocando desarmonia no sorriso

O uso da tecnologia de impressão 3D para confecção das facetas, como ocorre na Clínica Sorrisus, é um diferencial que torna o tratamento ainda mais eficaz e seguro.

Entretanto, de nada adianta escolher uma boa clínica para fazer clareamento ou qualquer outro procedimento estético se você não colaborar para o sucesso do tratamento.

Boa parte dessa colaboração está na conscientização a respeito dos hábitos alimentares e sua influência na coloração dos dentes, conforme você entenderá na última seção do nosso artigo. Acompanhe!

Alimentos a serem evitados

Os hábitos alimentares interferem nos resultados do clareamento dental. Os maiores vilões são os alimentos com corantes, como o café e o vinho tinto.

Entre os alimentos com corantes, é preciso destacar aqueles que têm pigmentação natural, como o açaí, o mirtilo, a cenoura e a beterraba, daqueles que são coloridos artificialmente, a exemplo de refrigerantes, sucos de caixinha, molho de tomate e chocolate.

O ideal é evitar ou reduzir ao máximo a ingestão desses alimentos durante o período de tratamento e depois que os procedimentos forem finalizados para conservar os resultados alcançados.

Os cuidados com os hábitos alimentares somam-se à proibição do cigarro, pois a nicotina é uma das maiores responsáveis pelo amarelamento dos dentes em fumantes.

Chegando ao final do nosso artigo, você já sabe que existem diferentes métodos para clarear os dentes, que devem ser escolhidos de acordo com o perfil do paciente e as necessidades relativas ao tom ideal dos dentes de cada pessoa.

Além disso, você entendeu o quanto a escolha da clínica odontológica é fundamental para o sucesso do tratamento, pois somente o uso qualificado da tecnologia e o acompanhamento de profissionais especializados podem trazer os resultados esperados.

Você tem alguma dúvida sobre clareamento dental ou gostaria de uma orientação mais personalizada para dar início ao seu tratamento? Entre em contato conosco agora mesmo! Nossa equipe está pronta para ajudar você a conquistar um sorriso perfeito!

Clique e agende sua avaliação